Existem vários tipos de azeite no mercado, mas, para obter todos os benefícios desse óleo das azeitonas, o ideal é o optar pelo extravirgem. Repleto de antioxidante, esse tipo de azeite protege as células do cérebro contra os prejuízos causados pelos radicais livres.
 Como o alimento é bastante calórico, a recomendação dos especialistas é incluir, diariamente, apenas 2 colheres (sopa) no cardápio, Essa quantia já é capaz de ativar a memória e proporcionar diversos outros benefícios: melhorar a digestão, prevenir doenças cardiovasculares e até afastar o risco de câncer.

você sabia ?

 Radicais livres são moléculas instáveis liberadas pelo próprio corpo durante a produção de energia. Ingestão de bebidas alcoólicas, fumo e estresse aumentam a produção dessas substâncias, que podem danificar as células nervosas, além de oxidar o colesterol sanguíneo (podendo formar placas de gordura nas artérias) e até causar tumores.

 “O Mal de Alzheimer está intimamente relacionado á alta produção de radicais livres”, comenta a nutricionista Carolina Marques. Por isso, é importante consumir alimentos antioxidantes, como o azeite, que nutralizam o efeito dessas moléculas, e previnem doenças.

Revista Saúde em Casa – ano 4 – n°7